quinta-feira, 16 de novembro de 2017

novembro_16



BENJAMIN THOMAS KENNINGTON   

*ao meu amor*

em lugar da flor
o beijo
em lugar do sonho
o desejo
e um sorriso
por inteiro
como se este dia
fosse todo nosso
outro
novamente.

aquele outono
era igual
no calor dos corpos
e no sentimento
a espreitar.

e o mar presente
no teu olhar
despertada paixão
que se fez lar.

(hoje não voltarei ao guincho
para ver o sol guardado do passado... 
mas volto a ti.)







3 comentários:

  1. Há sempre uma memória que se faz mais presente. Há sempre um novo sol, um novo mar, que traz o perfume de um passado que se viveu com a alma em flor e o coração em chamas.

    Um poema com um toque de nostalgia e o "gosto" de um amor que ainda vive.
    Doce e belo, meu Amigo.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. Não existem bons amanhãs
    sem boas memórias
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. e o guincho como memória
    e que a memória nunca se vá
    e que a saudade do momento seja serena
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar