domingo, 26 de fevereiro de 2017

ângulo



Domingos Sequeira_filha


do teu rosto esguio
só a distância conheço
no ângulo dos teus olhos
a medrar o vazio.


6 comentários:

  1. olhares com estória
    ou apenas estados de alma
    ou segredos escondidos...

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  2. Pintar sentimentos, só os grandes poetas conseguem. Dizer o traço, as cores, as almas, só os grandes pintores conseguem. Este poeta "pinta" um olhar que navega distâncias: mesmo que elas sejam notas de vazio ou um rosto sem tempo...
    Beijo amigo Luís.

    ResponderEliminar
  3. Vislumbrar um rosto, um olhar. E saber que ele pode significar o percurso deslumbrado do tempo...
    Tão belo, amigo!
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  4. excelente legenda
    a verdade do olhar

    gostei muito,

    abraço, meu amigo

    ResponderEliminar
  5. A profundidade do poema inscrita na poesia
    do olhar. Belo poema,Luís!
    Meus votos de um mês de março harmonioso, amigo.
    Bj.

    ResponderEliminar
  6. Há tanto que se pode dizer num olhar...
    Ha tanto que absorver na expressão de um rosto...
    Há nostalgia, decepção, alegria...
    Há vida!

    ResponderEliminar