terça-feira, 27 de maio de 2014

solidão

foto:luís castanheira




Por dentro da solidão
Navego num só mundo
Onde crio a ilusão
De tudo estar bem, no fundo.

A tua lembrança constante
Ocupa-me o pensamento
E é assim que um amante
Responde ao chamamento.

Podes estar ausente, na forma
Ou mesmo em sono profundo
Mas o teu espírito adorna
Este navio, meu mundo.


LM_13.abr.2014



Sem comentários:

Enviar um comentário