sexta-feira, 30 de maio de 2014

mentiras


Oh ruas da minha cidade
Entre a fome e a caridade
Sujas de tanta mentira
Lavai as mágoas sentidas
Por tantas almas perdidas
Onde há sempre quem nos fira.


LM_31.jan.2014



Sem comentários:

Enviar um comentário