sexta-feira, 30 de maio de 2014

o zé

o zé partiu
emigrou
sumiu
o zé desistiu
dum país mutilado
da riqueza sangrado
velho e cansado

o zé já não mora aqui
já não cria riqueza
fugiu à pobreza
ao desemprego
e á certeza
de que nada melhora

foi-se embora

o zé estudou
para o melhor preparou
o futuro que sonhou
esperou
que a terra onde nasceu
fosse mãe

o zé não foi porque quis
o zé obrigaram-no a ser infeliz
o zé não quis mendigar
o zé quis trabalhar
tanto ladão a roubar
e o zé só quis trabalhar
 é uma perda p’ra nação
a força de tanta mão
que segue p’ro estrangeiro
onde vai criar riqueza
a troco de pouco dinheiro
só com uma única certeza
fugir a tamanha pobreza

o zé partiu
emigrou
sumiu
o zé desatou todos os nós
deixou p’ra trás pais e avós
abandonou a cidade
num grito de verdade
o zé partiu
emigrou
sumiu

o zé cresceu
estudou
aprendeu
para outro país
o chamar seu.

LM_27.fev.2013 




Sem comentários:

Enviar um comentário