sexta-feira, 30 de maio de 2014

O calor em mim




E mais um dia
por mim passa
na estreita via
rumo à ameaça.

A noite chega
em escuridão
na cama fria
da solidão.

Eu não queria
estar por estar
e aqui ficar
tempo deitado
o pensamento
no ser amado
turvo e selado.

Como eu queria
ser desejado
como eu seria
ter-te ao meu lado
como eu estaria
tão descansado.

Tento enxergar
Claro sonho
E não sonhar
Tempo medonho.

Estar por estar
E aqui ficar
Preso ao desgosto
Do sol já posto.

Oh lindo sol
Que me aqueces
O corpo mole
E desvaneces
- Vem junto a mim
Dar-me esse fim!

LM_13.fev.2014




Sem comentários:

Enviar um comentário