sexta-feira, 30 de maio de 2014

amor meu


Meu amor velhinho
que ainda se sente
Meu antigo carinho
que anima a gente
Meu doce presente
que segue em frente
Meu desejo premente
que alegra em vinho
Meu beijo em mar
do teu sol ao deitar
Meu rosto sereno
que olho pequeno
Meu sonho real
que me afasta do mal.


LM_01.mar.2014



Sem comentários:

Enviar um comentário