sexta-feira, 30 de maio de 2014

o teu olhar


Belo como um riacho
De fresca água cristalina
Saltando sobre os seixos
Em queda suave e fina
É o teu olhar
Dum doce luar
Onde hoje me agacho
E mato a sede da minha solidão.

LM_26.jul.2013



Sem comentários:

Enviar um comentário